Aeroespacial

O setor Aeroespacial de Minas Gerais tem grande força tanto no cenário nacional quanto no cenário internacional devido ao alto nível de qualificação de instituições de ensino superior e a presença de grandes empresas como Embraer, Helibras, IAS, GOL e Azul. O Estado de Minas Gerais tem como proposta o desenvolvimento e fortalecimento do setor – com foco em toda sua cadeia – por meio de ações envolvendo institutos de pesquisa, universidades, indústria e governo, contribuindo para um ambiente favorável de conectividade essencial em um mundo globalizado.

UFMG

O Bacharelado em Engenharia Aeroespacial na UFMG, criado em 2009, tem como meta formar profissionais com forte embasamento científico e tecnológico, com duas possibilidades de habilitação: Aeronáutica e Astronáutica, e que contam com um elenco de disciplinas técnicas, científicas e humanísticas. Confirmando a excelência dos profissionais oriundos do curso: em agosto de 2015 a aeronave Anequim, projetada e fabricada na universidade, bateu 4 recordes mundiais.

Aeroporto Internacional Tancredo Neves

O Aeroporto Internacional Tancredo Neves, localizado no município de Confins, é o principal aeroporto do Estado, sendo um dos principais do Brasil, atingindo uma movimentação de 11,3 milhões de passageiros em 2015. Com um investimento de cerca R$ 1,5 bilhão até a próxima década, a concessionária BH Airport pretende elevar a capacidade de movimentação a 22 milhões de passageiros ao ano.
Aeroespacial 1
O volume de passageiros transportados no BH Airport apresentou crescimento médio anual de 13,12% de 2006 a 2015.
Aeroespacial 2

CTCA

Um condomínio de conhecimento aeroespacial está sendo construído em Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O condomínio terá 108 lotes com tamanhos variáveis para abrigar empresas do ramo aeroespacial e um helicentro, que juntos totalizarão mais de 500 mil metros quadrados preparados para receberem empreendimentos.

Mão de Obra
Em Minas Gerais encontram-se importantes instituições que formam profissionais qualificados para o setor aeronáutico como a UFMG que oferece o curso de Engenharia Aeronáutica e também a FUMEC que oferece o mesmo curso na capital Belo Horizonte. A Universidade Federal de Itajubá oferece o curso de Engenharia Mecânica Aeronáutica que é mais voltado para a fabricação de helicópteros. Além de instituições de ensino superior pode-se destacar o Senai-MG que oferece curso técnico de manutenção de aeronaves.Aeroespacial (3)Fonte: Rais MTPS 2014

 

CIAAR Embraer Helibras IAS

BH Airport Gol Linhas Aéreas CTCA

 

linha---citação

aspasA expansão da Embraer em Minas Gerais faz parte do projeto que visa a consolidação do Pólo Aeronáutico do Estado.

Mario Lott, Gerente Geral do CETE-MG

Fonte: Embraer

aspas-2

linha---citação

aspasA Helibras é uma empresa que foi crescendo e ganhando o mercado brasileiro, dentro da área de segurança pública, principalmente. Eu fico muito feliz de ser mineiro, porque temos uma empresa como a Helibras em Minas Gerais. Só tenho a agradecer a todos os funcionários pela competência, respeito e capacidade, e pela aeronave, que é uma máquina fantástica”. Josué Martins Fontana, Piloto civil; coronel reformado da Polícia Militar de Minas Gerais. In LAUX, Paulo. Helibras 35 anos. A saga da única fabricante de helicópteros do Brasil.

Disponível em Convergência Comunicação Estratégicaaspas-2

linha---citação