INDI lança Missão MG na Europa

Postado em 16/08/2017 às 11:13:24

O INDI, Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais, lançou na última quinta-feira, 10/08, missão de prospecção de negócios para exportadores mineiros e promoção de Minas Gerais na Europa. O evento de lançamento aconteceu no auditório da Codemig, Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais. A Missão MG na Europa está programada para outubro de 2017, e leva empresários mineiros do setor de alimentos e bebidas para Holanda e Alemanha. A comitiva mineira poderá participar da feira de alimentos e bebidas Anuga, em Colônia, Alemanha, e de encontros de negócios na Holanda.

Cristiane Serpa, presidente do INDI, no lançamento da Missão MG na Europa

Além do convite à missão, a programação do evento incluiu a apresentação de um panorama comercial Brasil/Europa, dos aspectos aduaneiros para entrada de produtos mineiros e de aspectos comerciais e culturais na Holanda e de oportunidades para produtos mineiros na Alemanha. Alguns dos produtos destacados foram café torrado, doce de leite, especiarias, frutas, mel natural, produtos de cacau e sucos de frutas. No evento, foi ainda apresentados o case de exportação da Cachaça Bandarra, participante da Missão na China promovida pelo INDI em 2017. Parceiros do Plano Nacional de Cultura Exportadora (PNCE) falaram de ações de exportação.

Missão MG na Europa

A Missão MG na Europa começa na Holanda, parceiro local e ponte logística com toda a Europa. O país é porta de entrada para o continente e já é um dos maiores destinos dos produtos mineiros. “Em termos de logística e de empresas holandesas que atuam no mercado europeu, a Holanda é uma porta de entrada através de grandes revendedoras. É importante que o empresário, antes de ir, leia sobre a história local, sobre o mercado consumidor, e entenda melhor a cultura, o comprador, o consumidor”, diz Willem Moraal, representante adjunto do Escritório Holandes de Apoio aos Negócios (NBSO). A missão conta com o apoio da Embaixada do Reino dos Países Baixos e da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha.

A segunda parada da comitiva mineira é a maior feira de alimentos do mundo. A Anuga acontece a cada dois anos e reúne cerca de 160 mil visitantes e de 7 mil expositores de todo o mundo. No evento, o INDI não trabalha com exposição em estande, mas oferece visitas qualificadas e previamente agendadas com potenciais compradores na feira. “A palavra é personalização: na missão, nós vendemos a empresa mineira. Oferecemos uma estrutura de apoio no Brasil e na Europa, e procuramos gerar negócios de forma personalizada para as empresas”, explica Ivan Pinto, gerente de promoção comercial do INDI.

Ivan Pinto fala sobe a missão

Equipes especializadas do INDI irão trabalhar com estudo de mercado e com a inserção de produtos mineiros no mercado europeu. Ainda do Brasil, serão feitos estudo e preparação dos produtos, com a produção de um catálogo bilíngue com o perfil da empresa, direcionado ao parceiro local na Europa. A comitiva mineira sai do Brasil com um portfólio das empresas participantes. Na Europa, a missão contará com consultorias especializadas nas redes de negócio local, responsáveis pelo matchmaking – cruzando a oferta mineira com a demanda europeia. “O objetivo é criar um ambiente no qual a empresa, quando chegue lá, converse com um importador que já conhece e entende o produto, com interesse prévio”, afirma Ivan.

Promoção às exportações

A Missão MG na Europa dá continuidade às ações de promoção de exportações do INDI. Em maio deste ano, onze empresas mineiras dos setores de alimentos e bebidas participaram de missão empresarial à China, também organizada pela Agência. A comitiva mineira participou das feiras China Import Expo (CIE) e SIAL China, além de visitas técnicas, jantares de networking empresarial e rodadas de negócios. “É um modelo que amplia a missão empresarial tradicional”, afirma Ivan Pinto.

A empresa mineira Café Salomão participou da missão na China e marcou presença no lançamento da missão empresarial na Europa. “As rodadas de negócios promovidas pelo INDI na China foram fundamentais, e respondem a uma das grandes dificuldades do empresário: chegar até os compradores. Acreditamos que esse apoio pode facilitar o processo de exportação, principalmente na nossa área, já que o café tem uma tradição de exportação de commodities. Encontrar um comprador para o café torrado vai ser um desafio”, diz Davi Charbel, sócio proprietário da empresa.

Missão gastronômica

Outra âncora da missão é a promoção dos produtos mineiros a partir de ações gastronômicas. Para que o importador europeu possa conhecer o uso e o potencial dos produtos, chefs mineiros participam de eventos de relacionamento. “Estamos trazendo a gastronomia para dentro da promoção de exportação na cadeia de alimentos e bebidas. Muitas vezes o mercado de destino conhece pouco os nossos produtos, e pode ter mais facilidade de desenvolvimento e compreensão quando eles são harmonizados e apresentados junto à própria amostra”, explica Cristiane Serpa, presidente do INDI.

Na Missão MG na Europa, o INDI trabalha junto à Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais e ao Programa Mais Gastronomia, que comporta o espaço Mineiraria. “A Mineiraria não pode ficar apenas localizada na capital. Ela tem que ir para fora dos limites do estado, e é o que temos feitos com diversos projetos. Essa missão tem todo o potencial de transformar não só a gastronomia, mas também produtores, produtos e os empresários, tornando-os mais competitivos em novos mercados”, afirma Fernanda Machado, diretora de Fomento à Indústria Criativa da Codemig. A Codemig é uma das gestoras do Programa Mais Gastronomia.

Interessados na Missão MG na Europa podem obter informações através do e-mail missaoeuropa@indi.mg.gov.br ou do site www.minasnaeuropa.com.br.

Confira as fotos do evento!